Rio de Janeiro celebra uma das maiores festas da virada do mundo

Cerca de 2 milhões de pessoas são esperadas na do Réveillon de Copacabana

Uma das principais celebrações ao redor do mundo, o Réveillon de Copacabana espera cerca de dois milhões de pessoas para o tradicional espetáculo da queima de fogos da virada, que tem a Associação de Hotéis do Rio entre os apoiadores.

A ABIH-RJ divulgou nesta segunda-feira, dia 26, a última pesquisa com a previsão de ocupação hoteleira para o Réveillon. Até o momento, a média geral da cidade está em 78% de quartos vendidos. A Região Copacabana/Leme lidera a procura (86%), seguida de Ipanema/Leblon (83%) e Flamengo/Botafogo (81%). O Centro apresenta 61% de quartos ocupados.

Na Barra da Tijuca, que este ano contará com onze pontos de queima de fogos, a ocupação está em 79%. Turistas e moradores, em qualquer ponto da região, terão acesso ao espetáculo pirotécnico que iluminará o céu da Barra ao Recreio. Os cinco estrelas do bairro já registram média de 87%. Mas esses três últimos dias são decisivos para aqueles que deixam para resolver em cima da hora, então, esses percentuais ainda podem subir.

Em Copacabana, o tradicional espetáculo pirotécnico, assinado pela Pirotecnia Igual Brasil, contará com efeitos e fases distintas, com cores e formas características, de belezas únicas e fácil identificação para o público, como palmeiras, corações, margaridas e carinhas felizes. Sincronizado com a trilha sonora, o espetáculo de fogos terá início pontualmente no primeiro segundo de 2017 e duração de 12 minutos.

Para celebrar a chegada de 2017 em Copacabana, a programação oficial começa às 18h no palco montado em frente ao Copacabana Palace com atrações como o cantor Alex Cohen, o DJ MAM, o cantor Leo Jaime. A principal atração da noite, o Grande Encontro entre Elba Ramalho, Alceu Valença e Geraldo Azevedo antecede a contagem regressiva. Para fechar as comemorações e encerrar com chave de ouro o ano do centenário do samba, haverá dose dupla de Carnaval com Unidos da Tijuca e Mangueira colocando todos para sambar até o dia clarear.

Barra da Tijuca terá o segundo maior Réveillon do Rio, maior na história do bairro

Cariocas e turistas este ano contarão com uma opção alternativa à tradicionalíssima queima de fogos de Copacabana. Na Barra da Tijuca, a festa será no céu: uma queima de fogos promovida pela Riotur, ABIH-RJ e Rio CVB iluminará a região que, com os Jogos Olímpicos, se consagrou como novo polo hoteleiro da cidade.

Cerca de cinco toneladas de fogos promoverão um show pirotécnico entre três e 12 minutos. O espetáculo piromusical, assinado pela empresa Lanza Shows e Fogos, contará com 34 tipos diferentes de efeitos e cores. Onze locais foram selecionados para integrar o show de fogos de artifícios pela localização estratégica, pela viabilidade técnica e por oferecerem uma ampla visão de dez diferentes pontos da região. São eles: Quebra Mar, Windsor Barra, Sheraton Barra, Brisa Barra, Hyatt Barra, Village Mall, Barra World, Ramada Recreio, Hilton Barra e Courtyard Marriott. O Grand Mercure Riocentro também confirmou que realizará a queima de fogos.

A programação é uma motivação para os turistas, que já garantem um ótimo movimento para os hotéis da região. Entre os destaques na programação hoteleira está o Windsor Barra, pioneiro na queima de fogos do bairro, com a festa temática “Safári” e show da Banda Anjos da Noite. No Hilton, Leo Jaime sobre ao palco como a grande atração da virada. A festa de Réveillon do Sheraton Barra traz o DJ Michael Muller e Alegria Mattus & Banda. Já o primeiro Réveillon do Grand Hyatt colocará todo mundo para dançar ao som do Monobloco.

Quem busca um Réveillon mais tranquilo pela Zona Sul carioca pode curtir a celebração no Flamengo, no palco montado na altura da rua Dois de Dezembro. Este ano a programação conta com Luiz Kiari, Vtrix e as escolas de samba São Clemente e Salgueiro. Há ainda comemorações simultâneas no Parque Madureira, Ilha do Governador, Piscinão de Ramos, Penha, Sepetiba, Guaratiba e na bucólica Paquetá.

 

Fonte: ABIH-RJ