Recomendações SENACON para remarcações de viagens

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), recomenda que o consumidor possa remarcar, sem custos adicionais, as viagens turísticas previstas para os próximos 60 dias. É importante destacar que a remarcação leve em conta fatores como destino,temporada e tarifas de passagens. O mesmo vale para hotéis e pacotes.O posicionamento institucional leva em consideração a nota interministerial publicada, no início da semana, em conjunto com os ministérios do Turismo, da Economia e da Saúde

CLIQUE AQUI PARA FAZER DOWNLOAD DO CONTEÚDO COMPLETO