Hotelaria oferece acomodação para quarentena de idosos de comunidades

A partir de uma série de reuniões com a Prefeitura e reforçando seu compromisso com o Governo e a sociedade, a hotelaria carioca atendeu ao chamado do poder público para apoiar o acolhimento de pessoas idosas assintomáticas pela COVID-19 residentes em comunidades carentes.

O decreto RIO Nº 47296 foi publicado em 24 de março e faculta aos hotéis a adesão.

Desde então, o Hotéis Rio tem se reunido com a Prefeitura para intermediar esse processo, que começa com a inscrição voluntária dos hotéis interessados, e é seguido por vistoria do órgão municipal.

O termo de parceria é selado direta e individualmente entre Prefeitura e hotel, e, na sequência, a seleção e o encaminhamento dos hóspedes é de responsabilidade da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

A Prefeitura custeará até R$120 por pessoa, com três refeições inclusas no valor. A ocupação dos hotéis é imediata, de acordo com a assinatura do convênio.

Até o momento, em torno de 20 hotéis já se disponibilizaram, totalizando cerca de 2 mil quartos, em maior número nos bairros do Centro e Barra da Tijuca.