AquaRio já recebeu 500 mil visitantes

Maior Aquário da América do Sul funciona no Porto do Rio

O passeio entre os aquários que abrigam 4,5 milhões de litros de água salgada – equivalente a duas piscinas olímpicas — leva os visitantes a uma verdadeira viagem ao fundo do mar. Desde sua abertura, em novembro, cerca de 500 mil visitantes já passaram por lá.

Nos 26 mil metros quadrados de área construída e cinco andares do AquaRio – concebido pelo biólogo marinho Marcelo Szpilman – o visitante é apresentado a um circuito com 28 tanques, onde pode conhecer um pouco mais sobre os peixes da costa brasileira, do Caribe e do Indo-Pacífico. Ao todo, são 4,5 milhões de litros de água salgada cerca de três mil animais de 350 espécies diferentes. Logo no início do passeio, o visitante tem contato com moreias, peixes-leão, peixes-pedra e raias elétricas; que recepcionam o público no tanque destinado aos seres marinhos considerados perigosos.

Seguindo o circuito, chega-se ao grande tanque Oceânico, uma das principais atrações do espaço, com 3,5 milhões de litros de água e sete metros de profundidade que desemboca num túnel de acrílico onde moram raias, peixes e até tubarões, como a “Margarida”, da espécie Mangona (Carcharias taurus) e a “Sharon”, da espécie Lambaru (Ginglymostoma cirratum), que impressionam pelo seu porte.

Ainda dentro da programação do AquaRio, há atividades como o Museu de Ciências – com exposições de temas relacionados ao ambiente marinho e aquático e o Aquário Virtual – que por meio de tecnologias inovadoras e total interatividade permitirá ao visitante acesso ao real e ao virtual ao mesmo tempo. Os visitantes podem se divertir criando um “Peixe Virtual”, que acompanha cada um na viagem pelos corredores do AquaRio e em todas as vezes que voltarem ao local. Em todos os tanques, telas de led transmitem informações sobre as espécies e seus habitats.

Outra atração de interação para o visitante são os chamados “tanques de toque”. Ali, a experiência sensorial permite uma interação tátil com as espécies raias e Tubarões-bambu (Chiloscyllium punctatum).

O Instituto Museu Aquário Marinho do Rio de Janeiro (IMAM) é uma entidade sem fins lucrativos, 100% brasileira e 100% carioca, criada especificamente para conceber e capitanear a implantação e operação de um aquário marinho no Rio de Janeiro. Além do IMAM, o projeto conta com a parceria do Grupo Cataratas S/A, empresa que atua no consórcio Paineiras-Corcovado (responsável pelo acesso rodoviário ao Cristo Redentor e Centro de Visitantes Paineiras), RioZoo, EcoNoronha, Cataratas do Iguaçu e Marco das Três Fronteiras Américas (estes dois últimos na cidade de Foz do Iguaçu); a Esfeco, especializada em ferrovias e arrendatária da Estrada de Ferro do Corcovado (Trem do Corcovado) desde 1984; e Bel-Tour, especializada em transporte operando desde 1963 e permissionária do ICMBio desde 2007. A Coca-Cola é a patrocinadora do AquaRio, que também conta com o apoio da Prefeitura do Rio de Janeiro. A Kreimer Engenharia é a empresa responsável pela obra.

Ingressos e passaportes

A venda de ingressos e passaportes individual e familiar estarão disponíveis no site www.aquario.rio e na bilheteria do espaço.

Ingresso avulso

  • Individual – R$ 80
  • Moradores ou pessoas nascidas no Estado do Rio de Janeiro – R$ 60
  • Crianças e adolescentes de 3 até 17 anos, estudantes do estado do Rio de Janeiro e estudantes de outros estados (de 18 a 24 anos), idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência – R$ 40
  • Crianças menores de 3 anos têm entrada gratuita

Como chegar

A melhor forma de chegar ao AquaRio é através de transportes públicos. Entre as opções estão o VLT (embarque na linha 1 no sentido Rodoviária / Praia Formosa e salte na estação Utopia AquaRio) e Metrô (salte na estação Uruguaiana e caminhe pela Avenida Rio Branco até a Praça Mauá e siga pela Orla Conde até o AquaRio). O AquaRio contará ainda com estacionamento e bicicletário para os visitantes. No Porto Maravilha, junto a outros equipamentos como o Museu de Arte do Rio e o Museu do Amanhã, o AquaRio situa-se, de um lado, na Via Binário (logo após a saída do túnel Rio 450) e, do outro, no final da Orla Prefeito Luiz Paulo Conde, bem em frente aos Armazéns 7 e 8 e ao lado da praça Muhammad Ali.

 

Fonte: Associação de Hotéis do Rio