ABIH-RJ e Hotéis Rio realizam noite de premiação e confraternização

 

Foi realizada na noite desta terça-feira (26), no Rio Othon Palace Hotel, a 16ª premiação promovida e organizada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (ABIH-RJ) e o Sindicato dos Meios de Hospedagens do município do Rio de Janeiro (SindHotéis Rio), chamado também de Hotéis Rio.

Fechando um ano de muito trabalho na hotelaria, o presidente da ABIH-RJ comemorou a curva ascendente da ocupação e da diária média em 2019, assim como o aquecimento do calendário de eventos.

Em seu discurso, ele pontuou algumas conquistas e pleitos: “É importante reconhecer o esforço do Governador na questão da eliminação da cobrança do ICMS sobre remessas de amostras de mercadorias de mostruários e do querosene para aviação. E já temos o anúncio da liberação do Governo estadual à Secretaria de Turismo do valor de R$ 40 milhões para investimentos em nosso setor. Quero, também, registrar aqui o nosso agradecimento ao esforço dos hoteleiros para a montagem de um Banco de Diárias, criado para fazer frente a essa redução do ICMS do QAV. No âmbito municipal, precisamos reforçar nossos pleitos para a agilização na liberação dos alvarás para eventos. Lutar por um formato mais simples e que reduza os custos para que possamos realizar mais e mais eventos na cidade”.

A premiação, realizada desde 2003, mudou de nome para Top Hotel RJ, mas manteve o reconhecimento às iniciativas socialmente responsáveis, aos melhores projetos de empreendedorismo e sustentabilidade da hotelaria Fluminense.

 

No dia 11 de novembro, no Hotel Mar Palace Copacabana, cinco jurados convidados pelas entidades organizadoras do prêmio se reuniram para acompanhar as apresentações dos seis projetos inscritos este ano. O time contou com André Coelho, Gerente de Projetos Sênior da FGV; Geiza Rocha, Subdiretora Geral do Fórum de Desenvolvimento do Rio ALERJ; Valéria Leal, CEO da VLeal RH; e Victor Lamas, Diretor e Gerente da Faculdade de Tecnologia do Senac RJ.

A premiação contempla quatro categorias: ação social, empreendedorismo, sustentabilidade e expansão hoteleira

O vencedor do Prêmio Corintho Falcão, na categoria Ação Social, foi o Grand Hyatt Rio de Janeiro, com o projeto voluntário mês de serviço global.

O vencedor do Prêmio Eduardo Tapajós, na categoria Empreendedorismo foi a Rede Windsor de Hotéis, com projeto de reabertura do espaço de eventos do Windsor Guanabara “Modernidade e Sofisticação: Salão Velásquez Traz Novo Conceito em Eventos Corporativos”.

O Grand Hyatt Rio de Janeiro levou seu segundo prêmio com o projeto “Confete Amigo”, desta vez na Categoria Selo Verde, ao incentivar a folia ecológica com confetes feitos de folhas de árvores no Carnaval.

Já o Fairmont Rio de Janeiro Copacabana deu à Accor o prêmio Expansão Hoteleira, pela inauguração do mais novo hotel de luxo da cidade.

O evento foi fortemente prestigiado e reuniu mais de 200 pessoas, sendo prestigiado pelo Secretário Estadual de Turismo, Otávio Leite; pelo Secretário Municipal de Turismo, Paulo Jobim; pelo presidente da Riotur, Marcelo Alves, além de hoteleiros e representantes do trade turístico.

Crédito: Alexandre Macieira

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + dezenove =